Um homem adormecido

adormecido

Imagem: Pinterest.com (Nikos Gyftakis)

 

Por mais que investigue

E não haja teto, lâmpada, fechadura

Uma evidência mais tátil

Eu vagaroso me aconchego

 

Um homem adormecido

Em sua bagagem simbólica

O ar de costas, modificado

Escuro, agônico, devidamente exposto

 

Como parte redobrada

História e arte

A instaurar-se sem porta

Medida, plano e arrasto.

 

Em que pesem vacilantes

Carne, amor, público,

Uma sinfonia vaga, personagem

Declínio e imagem.

 

Valberto Cardoso

Anúncios

Uma ideia sobre “Um homem adormecido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s