Cortejo

Fruta podre.jpg

Imagem: Pinterest.com

 

Não mais que a dor.

Esta pausa breve, incômoda

de quando os frutos apodrecem, o alimento

esgota-se.

O vazio pronto. O amor vazio. Vazio. E

cantamos

assustados

por nos trazerem outra despedida, mais que a

nossa.

A primavera estranha das calçadas,

Talvez nascemos, menos.

Como um tiro que se escuta.

 

Valberto  Cardoso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s