UN POMAR EN LO OSCURO

Avispones sonando por el cuerpo

añicos de vidrio verde sobre el muro

mínimos guardianes de ese deseo

de hurtar tus frutos

y desabotonar esas paredes,

cubetas, luces, peñascos

que dividen y separan

mis llamas de las tuyas

 

Iracema Macedo in Literatura Brasilis. Org, Aluísio Azevedo Jr,

Tradução Maria Trinidad Pacherrez Velasco.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s