AMAVIO

se pronuncio o seu nome
uma tempestade de avessos
anuncia-se no poente azul
do meu átrio

trilhas e escarpas
a distância correta
escapa entre os dedos
quando a língua risca
a palavra o ar molhado
carregando o seu nome

era quase manhã era busca
o vento soprava no jardim de vênus
era quase manhã era pausa
a respiração e a reparação
era quase manhã era cansaço
a vida exsudava no espaço

sei seu nome não é fardo
assim cuido que jamais suma
tanto mais pesado se parece à alma
é ainda mais leve quando dorme
leve brisa que floresce calma
leve rosto pousado na minha palma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s