BALEIA NO AQUÁRIO

meu peito se esforça como um pássaro
sobressalta de um poleiro a outro
não cabem as palavras
o equilíbrio impossível
na fronteira aérea me ultrapassa

a gaiola acima passa como cúpula
jamais fere a joia rubra
de lá se arrebenta o ar em forma pura
daqui descanso as asas na sombra dura
entre tudo isso que aniquila o voo

há um grande erro em construção

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s