banho

278d9f3a36f795aed5a0b22a172849bc-underwater-photos-sirens

“Water Dance”, por Kurt Arrigo

flertar com a corrente de água que pariu nereidas
tocar o sereno impregnado nas paredes de dentro
molhar a pele lamber a carne demandar a invasão

abrir pernas abrir braços
oferecer os seios e o sexo

suspiros perfurando o vapor dessas quatro paredes
melodiam a gradação da febre subversiva do corpo
uma silhueta em transe marca os vidros embaçados

contemplo o mar absoluto, a inversão dos estados
frente aos meus olhos fechados de mergulho aceso

ao fundo do rio
é para onde vai
todo o meu desejo

 

(Amanda Vital)

Este post foi publicado em Avulso em por .

Sobre vitalamanda

Amanda Vital (Ipatinga/MG, 1995) é editora-adjunta da revista Mallarmargens. Bacharel em Letras - Estudos Literários pela UFMG, vive em Óbidos e cursa Mestrado em Edição de Texto pela Universidade Nova de Lisboa. É autora dos livros Lux (Penalux, 2015) e Passagem (Patuá, 2018). Seus poemas são encontrados nos blogs Amanda Vital Poesia, Equimoses e Zona da Palavra, além de espaços virtuais como Germina, Ruído Manifesto e Literatura & Fechadura. Também participou de antologias como Ventre Urbano e 29 de abril: o verso da violência. Foi curadora da 4ª edição da antologia Carnavalhame. Contato: amandavital@live.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s