Poema (97) de Tito Leite

Fera

Imagem: interest.com

 

HABITUAL

 

Todos os dias

somos esquartejados

como parte

do espetáculo.

 

A cada palmo

de terra

uma cova de leões

 

como se os dentes

das feras fossem

a gramática dos ossos

e o Coliseu o melhor

lugar para morar.

 

Tito Leite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s