Poema (19) de Carlos Orfeu

horizonte nudez

Imagem: Pinterest.com (ricardodacunha)

 

diante da nudez do horizonte

estranha-se

 

desdobra-se no reflexo

disforme do mundo

em repouso na angústia

 

diante da nudez do horizonte

chega-se ao subterrâneo de si

 

olhando-se

mais

a fundo

 

reencontra o nada

de ser

 

Carlos Orfeu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s