Poema (4) de Dom Jorge

formiga e chuva

Imagem: Pinterest.com

 

MINIMALISMO

escuta, o mundo se compõe
de pequenas glórias: as formigas
derrotam bombardeios de chuva
e voltam à casa. as digitais acenam
à prova e se pune o crime. a mosca
refaz a performance do boeing e
pousa silêncio nas cascas. detrás
dos vidros, uma lágrima destrói um
cisco – sem o amparo das mãos.

Dom Jorge

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s