Poema (2) de Dom Jorge

berço.jpg

Imagem: Pinterest.com

 

IRMANDADE

em verdade me perdi
(o coração doeu, hein).
a louca de augusto
deu-me pão e casa.
noite toda ninamos um
berço vazio – eu e a
louca. quando, enfim,
amanheceu, nada dissemos
um ao outro. tudo o que
queríamos era saber
em qual árvore do peito
a dor nos pendurou seu
par de sapatos.

Dom Jorge

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s