A rosa

alice dispõe de mim
uma rosa vermelha, sonora
uns olhos de engendrar ternuras
sobre a descostura das coisas

feito pétala que se desprendesse
do zelo ardiloso de outras pétalas

e num voo furioso e lento
acordasse de vez o rio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s