[a sua face cega…]

a sua face cega rompe p’lo ventre as gaivotas de vulcão
suspensas às tapeçarias pintadas com tinta da china
onde as tonalidades desmontam as sensacionais densidades
da frescura decrescente dessas falésias em escadote
e com estrelas em caracol fundidas ao entardecer nos meus lábios
como tranças infernais

 

filipe marinheiro, em «noutros rostos», chiado editora 2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s