Poema (5) de Fiori Esaú Ferrari

oculos

Imagem: Pinterest.com

 

Óculos

 

Era fácil dormir com meus olhos míopes.

As coisas,

as cenas do quarto

tornavam-se incertas

e minhas certezas na penumbra

tremiam,

luz vencida

do dia que se foi.

 

Depois tudo se apagava

e a vida era simples.

 

As vozes iam sumindo,

as imagens sem decisão,

plantadas no sonho próximo,

o vento espalhando a noite…

 

Acordar na manhã tão fria,

o horizonte em que as cores

se misturavam e os pássaros atirados…

os pássaros eram manchas

no vermelho do fundo

depois do verde,

folhas da jabuticabeira,

o verde somente

derramado no já avançado azul-laranja

que fazia o céu.

 

Sabiá-laranjeira,

eu nunca achava

entre galhos indefinidos.

Eu só via seu canto

na árvore…

 

E não se podia olhar pro alto,

ao meio-dia.

Então eu me deixava abraçar pelo sol

de olhos fechados.

 

Era fácil viver com meus olhos míopes

e, quando eu chorava,

o mundo não ficava diferente,

a chuva não ficava diferente,

a tristeza não ficava diferente.

 

Não havia fronteiras.

 

As propriedades, como o fogo,

no fim de tarde,

se dilatavam

impossíveis de posse

ou demarcação.

 

A única nitidez

vinha das histórias

que me contavam,

das músicas que me bastavam,

do peso dos livros

que povoavam minha visão com suas figuras

de desespero e amor.

 

Nunca um livro me ensinou uma letra.

Da letra nem sequer uma nitidez.

Mas as palavras tinham cheiro

e o canto dos galos,

as palavras

tinham a beira dos taquarais

e tons não mais precisos.

 

A vida não era risco.

A morte não era risco.

 

Puseram-me óculos aos sete anos.

 

Fiori Esaú Ferrari

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s