Poema (2) de Chris Herrmann

raizes

Imagem: Pinterest.com

 

Arboral

a noite
de quebra-galho
cria nela raízes
– até então
dormentes –
folhea conceitos
descansa a pele
do ranço do dia
salva de pernoite
dança anseios
(seus namorados
desarvorados)
inspira ar busto
recria o corpo nu
celeste nas mãos
terreno nos pés
e sem custo
a replanta
Chris Herrmann

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s