Poema (1) de Fiori Esaú Ferrari

dois meninos.jpg

Imagem: Pinterest.com

 

Dois meninos

 

Por muito tempo

os dois meninos

olharam o animalzinho.

 

Um deles diz:

o passarinho quebrou a asa.

 

A sombra da árvore,

leve sombra,

mais aquece

o que o ar frio

torna vitral.

 

Ele bateu no ar.

O outro abaixou a voz.

 

Cacos de vidro

compõem o arco-íris

no chão.

 

Os meninos se afastam

em direção ao Trópico de Capricórnio.

 

Nuvens espessas,

deusas da alegria e crueldade,

rolam absolutas

no espaço azul.

 

Quando morremos

quebramos a asa.

 

Fiori Esaú Ferrari

Do livro Tensão Superficial da Poesia. Ed. Penalux 2016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s