Poema (16) de Diniz Gonçalves Júnior

pitangueira.jpg

Imagem: Pinterest.com

 

o córrego ipiranga
flui seu código
silencioso
caminho rente
sol ardido, banzo
da tarde de terça
trailer abandonado
loja de autopeças
quixote de radiador
faróis, tanque e
escapamento
distraído, esqueço
o trânsito da avenida
vertigem, recordo
o jardim da saúde,
um quintal e a pitangueira
do rubens na rua frei rolim

 

Diniz Gonçalves Júnior

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s