BREVE NECROLÓGIO (para muitas almas)

Morreu Bauman,
Foi-se Gullar.
Bowie apenas retornou pras estrelas,
era o seu lugar.

Cohen agora
também está lá.

Minha memória é fraca
e o desejo é pouco
deixarei esta lista de lado.

Quando me deito e ouço,
que no território brasileiro
uma pilha de mortos
(seus nomes não divulgados
para não enjoar os culpados)
trava um debate sem rumo,
alguns com dedo em riste,
e outros decapitados,
que lembram o tempo
em que a monarquia era o estado:

— O que é morrer,
uma vez já encarcerado?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s