Poema de Tanussi Cardoso

ninho

Imagem: Pinterest.com

 

POEMA PARA QUALQUER ANO-NOVO
Acolher pássaros.
Suas sombras de liberdade e beleza.
Ouvir seus piares de dor, fome e prazer.
Compreender a expressão das asas.
Pousá-los nos ombros,
deixar-se com eles,
nessa viagem de busca e de calma.
Ser pássaro na sabedoria
de maravilhar-se com a vida
– ínfima e pouca –
em seus mínimos detalhes
de mistério e poesia.
Aprender a transformar migalhas
em sementes de ninhos.
E dividi-las.
Entender a nervura das distâncias
: os obstáculos.
Quedar-se quieto à espera do canto.
E do voo.

 

Tanussi Cardoso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s