Poema (49) de Tito Leite

jade.jpg

Imagem: Pinterest.com

 

INSTINTOS

 

O caminho da razão

é contra a natureza

dos navegantes.

 

A pele do nascente

abre um breviário

de imensidades.

 

Não sou de amar

por intervalos.

 

Passo óleo

de sândalo na flor

do deserto: nasce

uma estrela de jade.

 

Tito Leite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s