Poema (6) de Iara Carvalho

 

bicicleta

Imagem: Pinterest.com

 

PASSAGEIRA

 

a melancolia me circula

sobre uma bicicleta cangueira.

 

são muitos pedregulhos pela estrada

e nas pessoas um vazio

de impossível desvio.

 

vem a melancolia e sua flecha úmida

abafando o grito dos canhões

e o choro dos transeuntes.

 

vem na banguela, a destemida,

e não cai perante as bordas

do silêncio abissal.

 

Iara Carvalho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s