Poema (44) de Tito Leite

medusa

IMagem: Pinterest.com

 

ANTES DO CAVALO ALADO

 

Medusa

minera sonhos

serpenteando

cabelos.

 

Ele olhou para ela

viu a si mesmo

e petrificou.

 

O olhar tem

perigos

de pedra.

 

Um escudo

fez-se espelho.

 

Ela olhou para si

e perdeu a cabeça.

 

Tito Leite

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s