ENVASADA

Água de sonho
espelho sem alma.

[desassossego e estio,
inversa maré]

No centro do peito
um farol de desejo,

clara mensagem
arrecife e medo.

Nenhuma nau nessas vagas
fere o sal dessas lágrimas.

A ausência sentida
agora se espalha.

Ondas e navalhas
cortam as praias.

Cada náufrago tem a mesma água
ilhada de medo
em uma garrafa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s