Poema (1) Francisco Calado

excrito

Imagem: Pinterest.com

“EXCRITOS

Estigma do que não tenho,

Reação da causa incontida;

Campo atômico, engenho

 Da emoção insentida.

Gero-te onde me empenho,

E morres, em tua partida.

E é nos funerais, que venho,

Rubricar chegar, saída.

Da morte o decreto, falho!

Às pautas tumbas propostas,

Resta o sintático galho:

Confusas, mistas, opostas…

Frases onde me esmigalho,

Perdendo enfim outra aposta.

Francisco Calado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s