Poema XXXV de Líria Porto

cactus

Imagem: Pinterest.com

 

caliandra

 

eu não sei dizer

quantas vidas tenho

 

nasci no cerrado

morri tantas vezes

 

resisti às secas

aos ventos incêndios

 

espinhos existem

são minha defesa

 

machuco as serpentes

toda vez que tentam

 

destruir os ninhos

que eu guardo dentro

 

Líria Porto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s