Poema (35) de Tito Leite

absurdo

Imagem: Pinterest.com

 

 

FLOWER POWER

 

 

Sonhadores

são filhos da liberdade.

Desvelar o sol – beber o insólito.

 

O sonho é o entusiasmo

do absurdo. Atração pelas alturas:

ascensão no escuro.

 

A esperança

é a beleza dos fatos.

Um corpo sem vida onírica

jamais acordará.

 

Surrar o real:

o suspiro da mais genuína

indignação.

 

Tito Leite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s