SORTE DE BODE

Aquele havia sido um ano de merda. Perdera o emprego, o carro foi roubado, o pai enfartou e a diabetes da mãe acabou por subtrair-lhe a poupança, a esperança, a pouca fé e o humor.
Agora caminhava por três bairros para procurar emprego. Nem sempre tomava o café da manhã e à noite repartia a sopa de pedra com os velhos.
Compadecido, no balcão do bar, o Bedecildo lhe oferece uma branquinha:
– Por conta da casa. Essa tristeza um dia passa.
Acedeu com a cabeça enfiada nos ombros pesados, agradecendo em silêncio a cortesia. O álcool desceu quente na garganta e o sorriso se esboçou no rosto. Olhou em volta, o estabelecimento ainda era o mesmo há décadas. O Bedecildo parecia conhecer todos pelo nome, parecia que nunca fechava.
– Não aguento mais.
– Isso passa – responde o Bedecildo.
– Tudo passa.
– “Tudo passa” é receita de panetone ruim. Nem tudo, mas estamos aqui, não é mesmo?
– Nunca pensei em você como otimista.
– Anos de balcão, sabe? A vida se repete, como louça.
– … E acaba no ralo.
– Não. Os restos vão para o ralo, a louça fica limpa e recomeça o ciclo.
Refaz o sorriso e agradece. A curta conversa restaura o seu ânimo (mais provável ter sido a pinga).
– Pois pra provar, vou tirar você do prego. Olha aqui.
Dito isso, o Bedecildo pegou todas as notas e entregou sem hesitar. O outro levantou-se, emocionado como gesto, e profetizou:
– Pois vou lhe pagar com esta conta!
Uma semana depois, o Bedecildo quase perdeu o queixo. O outrora desesperado havia saído dali e usado os valores das notas no prego como dezenas do jogo do bicho. Então, comprou a sociedade no bar pelo dobro do que valia e colocou os pais pra trabalhar juntos no caixa. Era o fim de um ano de merda.
Os dois sócios nunca discutiram e o velho Bedecildo, a cada semana encontrava outro a quem servir da mesma garrafa que nunca tirava do armário – nunca havia mostrado nem ao sócio – com uma ferradura de bode dentro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s