[como dizer que tenho a boca…]

 

como dizer que tenho a boca dentro da língua
e que se retalhar a saliva aos bocadinhos vejo flores a sorrirem
à minha cabeça e a cabeça a sair da cabeça sem a cabeça lambe
o aroma das flores

e fora ou debaixo da língua a boca com sabor doce
misteriosamente sorri…

filipe marinheiro, in «noutros rostos», chiado editora 2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s