Poema (8) de Nilcéia Kremer

 

loba

Imagem: Pinterest.com

 

te seguiria se não loba fosse
e uma matilha não uivasse minha falta
mesmo desajeitada em pegadas
mesmo estrada fechada, aberta a faro e uivos
te seguiria
não fosse a embolia mal resolvida que me habita
quando avanço trilha mal fadada
não fossem frustradas tentativas de reconstrução
reinos novos, indício de fracasso
o embaraço estampado no rosto
não fosse esta vida osso
dureza de engolir
te seguiria
só pra ver onde dá este trajeto
sentir o teto faltar
e o aconchego do teu corpo sob o céu estrelado

 

Nilcéia Kremer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s