Poema (7) de Nilceia Kremer

faca nos dentes

Imagem: Pinterest.com

 

o silêncio corta
faca amolada
descasca o sol do rosto
faz partido ao meio
apara pontas e raiz

o silêncio abraça o sexo
e nina turbilhão de insanidades
rouba o beijo estranho
desliga na cara o telefone

crava os dentes
o silêncio
faz curativo
lava lamento profundo
tubo de ensaio pra reconhecer- se
Nilceia Kremer

Uma ideia sobre “Poema (7) de Nilceia Kremer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s