Bom dia para as flores na lama

flores lama

Imagem: Pinterest.com

 

BOM DIA PARA AS FLORES NA LAMA

(Felipe D’Castro)

 

a saudade é a lei do meu nome

eu te diria se

um porto seguro

uma fortaleza

um louvre antigo

palpitasse aqui sob o peito

 

o tempo não sara

diria vendo os teus olhos

teu queixo na minha mão

mas fujo da cena

antes que as palavras se condensem

na ponta da língua trêmula

 

meu corpo confessa tua eternidade

diria, por fim, abaixando o olhar

e tu estarias perdida dentro de mim

como um soldado surdo

que voltasse por milagre

da explosão de uma bomba

 

eu

querendo

explodir

em ti.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s