gaivotas

Retratos antiguos de presidiarios

● pra q se perder nos arrecifes ●
● arrancando a carne dos pes nas cracas ●
● pedaços de unhas espinhos negros de ouriço ●

● pra pegar merda branca de gaivota ●
● pra plantar mangueiras ao redor do mangue ●
● coisa idiota coisa imbecil coisa cretina ●

● ?não basta a peçonha dos ouriços nos pes ●
● o corte afiado das cracas as cobras ●
● desse mar q não cessa de rosnar ●

● ?desde quando não dormir ?e a areia ●
● é melhor não mergulhar e se afogar ●
● nas lagoas sem fundo desse azul ●

● q é de vir e vem as dunas nos engolindo ●
● nos esfregando as fuças nos rochedos ●
● o rabo na lama negra do mangue ●

● veja as gaivotas devorando os pardais ●
● veja como cagam sobre as arvores mortas ●
● veja como o dia come a noite com tanta gula ●

● ?pra q caminhar e se perder nos arrecifes ●
● se pelo menos houvesse perolas e moedas ●
● madreperolas pra nossos colares e aneis ●

● mas so ha a merda branca das gaivotas ●
● corte nos pes febre com os espinhos negros ●
● dos ouriços e essa loucura vindo nos pegar ●

Uma ideia sobre “gaivotas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s