Poemas de Líllian Régis (5)

bebada

Imagem: Pinterest.com (Matthew Stone)

alcoólica

 

trôpega

entre uma garrafa e outra

de tuas palavras

destiladas de silêncio

arrumo a saia

aprumo os passos

 

em vão

 

do bar

me segue

o teu não

 

______________________

morena

 

tua pele se espalha

na ponta dos pés

e dança

displicente e leve

um samba de cartola

no terreiro dos meus ais

 

Líllian Régis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s