a senhora vernant

daguerreotype colorized

● o q posso confirmar sem duvida nenhuma ●
● é ter me despertado a senhora vernant ●
● uma violenta vontade de cortar ●

● seu pescoço ou mesmo o afogamento ●
● tanto aqui na piscina quanto la fora no mar ●
● entre os arrecifes e o sem fim do mar ●

● mas me contive não so aquela tarde ●
● mas os dias e noites q passamos juntos ●
● todas as horas dessa inesperada vontade ●

● q foi imperiosa demais e me tornei ●
● inteiramente devotado a ela e a nada mais ●
● ela passou a ser meu alimento e razão ●

● porisso envenenei daquela maneira ●
● a senhora vernant seu gato e seu cachorro ●
● depois enterrei os 3 no vasto jardim ●

● entre as rosas azuis e as mangueiras ●
● porq essas mangueiras não cessam de parir ●
● mangas e as mangas maduras desabam ●

● caindo sempre deixando o ar ●
● doce como numa cozinha q não esquece ●
● de fazer doces de manga geleias de manga ●

● desde então tenho vivido aqui sozinho ●
● mergulhado nesse clima de doce de manga ●
● com as moscas a maresia e o silencio ●

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s