Poemas XXIX de Líria Porto

barquinho

                                                      Imagem: Pinterest.com (REICH KÁROLY)

 

miragem
nós
um barquinho a remo
lá no outro extremo
a felicidade

ela nos acena
e é tanto o esforço
quando a alcançamos
já não temos ânimo

 

*

maria
das lembranças mais remotas
os medos da minha avó
trovejava ela encolhia
amuava-se num canto
fechava os olhos
rezava
e eu morria de dó
queria tê-la ao colo
dizer-lhe – acalma-te vó
é só uma chuvinha

 

Líria Porto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s