Em Bloco (Poema de Líria Porto)

em bloco

                                                        Imagem: Pinterest.com

 

em bloco

um verso que sangra
que corta na carne
que dói o bastante
que move o calvário
um verso qual faca
espécie de lâmina
que força e que faz
viver sem disfarce
um verso concreto
de pedra e cimento
com um alicerce
fincado por dentro
um verso sincero
sem bolha fissura
que diz a verdade
provoca fritura
Líria Porto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s