Expressão (Poema de Nathan Sousa)

corpo

                                                                                   Foto: Pinterest.com

EXPRESSÃO

 

(…) ainda estou aqui

olhando teu corpo nu.

 

O que vejo

é uma visão-de-ti

tão somente minha.

 

Construo tuas formas

expressas no tecido

da fábula

 

(percebendo e

apropriando-me

do percebido)

 

como quem destrói

incessantemente

suas certezas.

 

Teu corpo

ali, esparramado

(tomado de cofres

e oferendas)

é, aos meus olhos,

nada mais que

uma ativa

e criativa

compreensão.

 

Teu corpo

(geometria e ruptura)

é quem mais se omite

e quem mais comete

a invasão.

Nathan Sousa

(Poema do livro UM ESBOÇO DE NUDEZ (Penalux, 2014))

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s