Um pomar no escuro

Marimbondo

Maribondos estalando pelo corpo

mínimos guardiões desse desejo

de furtar seus frutos

e desabotoar essas paredes

calhas, luzes, rochedos

que dividem e separam

minhas chamas das tuas

 

Iracema Macedo

Anúncios

Uma ideia sobre “Um pomar no escuro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s