música ambiente

com dedos desajeitados
eu batuco o compasso
nos ossos de suas mãos

ele erra todas as letras
e capricha na expressão

fuma o cigarro e despista
olhando ao redor, espera
recuperar o mote perdido

suborna os maiores deuses
flerta com Euterpe e Calíope
chama Apolo com sorrisos

em forma de brisa boêmia
assopro os trechos faltosos
que eu lembrei de decorar

é difícil resistir ao charme
desse bourbon suburbano
um blend de uísque e mar

somos os mesmos em bares
de Cabo Branco a Paquetá

amanhã virão novos vícios
e velhas canções pra errar.

(Amanda Vital)
Anúncios
Este post foi publicado em Avulso em por .

Sobre vitalamanda

Amanda Vital (Ipatinga-MG, 1995) cursa Letras na Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Apaixonada por poesia contemporânea, publicou seu primeiro livro de poemas, "Lux", pela Editora Penalux em 2015. Contato: amandavital@live.com Facebook: https://www.facebook.com/vitalamanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s