parasita

Benoit Paille 4

● jacob sempre diz ●
logo logo exausto esse parasita
dorme

é sempre nessa hora
● diz jacob alegre como uma lebre ●
● dessas q conseguem a cenoura crua ●

● inda com terra e minhocas ●
● sem se dar conta q o parasita se faz ●
● q o parasita é leve q o parasita ●

● como todos sabem menos jacob ●
● mente descaradamente q dorme q ●
● entorpecido se entrega a jacob ●

● se entrega a todos nos q desejamos ●
● sua morte da pior maneira q se possa ●
● imaginar ●

● mas o parasita é muito mais q ●
● esse reles parasita q aqui nos devora ●
● todo dia hora marcada começo e fim ●

● ele abre os olhos e sempre diz ●
● pra jacob sempre espantado e alvo ●
meu jacob meu jacob vc é uma graça

● depois no resto do dia todo dia jacob ●
● passa o resto do dia suando frio ●
● enquanto o parasita dorme ●

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s