AFORISMOS PARA VOO

para Marcelo Alves

No plano fino do espelho, uma mácula.
No caco fino à mão, uma lâmina.

Dentro Ícaro me plange a alma
e a música flui das asas peroladas.
Um impulso de ave domina-me os pés.

Assim meu eu me dissolve:
um voo cortante de ave e adaga,
a polifonia da noite
atravessada de sonho e arquétipo,

mergulho preciso
na sombra do sonho.

No canto do olho,
pássaro e homem são um.

1999 – Canções de afiar a noite, in: Quatro estações: O trevo.

foto do autor.

foto do autor.

Anúncios

Uma ideia sobre “AFORISMOS PARA VOO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s