JONAS E DAVID

Amador Ribeiro Neto

 

 despi-me das sandálias pra

(ad)entrar no templo do teu corpo

 

tu abriu a porta em silêncio

sem ranger ainda

 

tu tirou do meio das voltas de

seda do lenço

 

o livro

a poesia

 

serpenteou pelas almofadas

desprezou a mirra do incenso

 

miúdo muído

da vida é mais

 

no chão tapete almofadas

persas gregos & vi(s)agens

 

nossos olhos friccionando a tarde

de radiohead e hold your hand

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 ideias sobre “JONAS E DAVID

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s